quinta-feira, 23 maio, 2024

Haddad critica política externa do Uruguai

Ministro da Fazenda
REUTERS/Arnd Wiegmann

Da Agência Reuters

 

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, criticou nesta segunda-feira a intenção do Uruguai de fechar um acordo comercial com a China independentemente dos demais sócios do Mercosul e reforçou a importância de os países do grupo negociarem em bloco.

“O Lacalle (Luis Alberto Lacalle Pou), presidente do Uruguai, ele está quase pedindo licença para fazer um acordo de livre comércio com a China sozinho. E ele quer o melhor dos mundos, ficar no Mercosul e fazer um acordo de livre comércio com a China. E isso é difícil de conciliar”, disse Haddad durante reunião na Fiesp.

O ministro afirmou que o Mercosul deve ser fortalecido, com a inclusão de novos membros e a negociação em bloco.

Haddad acompanhou visita do presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao Uruguai na semana passada, em um esforço diplomático para tentar evitar que o país vizinho negocie acordos com terceiros à revelia do Mercosul. Na ocasião, Lula defendeu que o Mercosul pode negociar um acordo comercial com a China assim que o bloco concluir as negociações com a União Europeia.

 

Confira outras notícias da editoria POLÍTICA clicando aqui.