terça-feira, 16 abr, 2024

Palmeiras vence Flamengo por 4 a 3 e conquista a Supercopa

Twitter/Palmeiras
Twitter/Palmeiras

Claudio Fernandes, da Tribuna da Imprensa

 

Janeiro nem acabou e o futebol brasileiro já tem um forte candidato a melhor jogo do ano. Neste sábado, o Palmeiras venceu o Flamengo por 4 a 3, em Brasília, e se tornou supercampeão do Brasil. O jogo foi repleto de alternativas e nenhuma das equipes merecia sair derrotada de campo. No fim das contas, em uma temporada que recém começou, rubro-negros e palmeirenses foram presenteados com uma partida que, se não foi um primor de tática e consistência defensiva, entregou o que se esperava em emoção até o último lance. Literalmente.

 

PRIMEIRO TEMPO

 

Os primeiros vinte minutos da primeira etapa foram de muito estudo, muita marcação e pouca técnica e criatividade. Tanto que nada de mais importante aconteceu. Com tanta cautela, o placar acabaria sendo aberto em um lance individual. Arrascaeta roubou a bola de Zé Rafael na entrada da área e o meio-campista palmeirense o derrubou. Pênalti que Gabriel bateu, fez 1 a 0, provocou a torcida adversária e levou cartão amarelo.

E o Flamengo parou por aí. A partir da vantagem no marcador, os cariocas foram dominados pela equipe paulista, que chegou ao empate aos 38. Dudu fez boa jogada na esquerda, chutou, a bola carimbou em David Luiz e sobrou para o canhoto Raphael Veiga bater de perna direita e fazer 1 a 1.

Já nos acréscimos, o destro Gabriel Menino recebeu na intermediária e, de perna esquerda, mandou uma bomba no ângulo de Santos e permitiu ao Palmeiras ir para o intervalo tendo virado o jogo.

 

SEGUNDO TEMPO

 

O Flamengo voltou com tudo para a segunda etapa. Aos quatro minutos, Weverton salvou o Palmeiras duas vezes ao defender arremates de Pedro e Arrascareta. Aos seis, porém, não teve jeito. Everton Ribeiro recebeu no meio de campo e deu um passe genial para Gabriel, que tocou de cavadinha na saída do arqueiro adversário e empatou a partida.

O empate acordou o Palmeiras no segundo tempo e o terceiro gol verde não demorou a acontecer. Endrick perdeu o controle da bola na área, ela subiu e resvalou no braço de Éverton Ribeiro. Pênalti que Raphael Veiga cobrou e fez 3 a 2. A resposta do Flamengo foi quase imediata. E foi uma pintura. Éverton Ribeiro, que havia cometido o pênalti, serviu Ayrton Lucas na ponta esquerda. Ele cruzou e Pedro, de calcanhar, voltou a empatar: 3 a 3.

Eram 15 minutos do segundo tempo e o jogo assumia ares épicos.

Qualquer equipe poderia fazer o quarto gol. As chances surgiam alternadamente  até que, aos 29, Raphael Veiga foi acionado na esquerda da área, cruzou rasteiro para trás. Rony desviou e a bola chegou em Menino, que bateu mascado e recolocou o Palmeiras na frente. No lance, houve interferência de Mayke, que, impedido, atrapalhou a movimentação de Santos, mas o árbitro de vídeo não marcou e o gol valeu.

A partir daí o Flamengo pressionou, fez por merecer o novo empate que levaria a partida para os pênaltis, mas acabou por não conseguir. No último minuto dos acréscimos, Thiago Maia cabeceou muito perto do gol de Weverton e o título ficou com o Palmeiras, campeão brasileiro de 2022 e, agora, Supercampeão do Brasil.

 

Confira outras notícias da editoria ESPORTE clicando aqui.