sábado, 13 jul, 2024

Fórmula 1 doará € 1 milhão a vítimas das enchentes

Fórmula 1
Twitter/Fórmula1

 

Um dia após a Ferrari anunciar a doação de 1 milhão de euros, a Fórmula 1 repetiu a ação e prometeu o mesmo valor para as vítimas das enchentes na região norte da Itália. A soma corresponde a R$ 5,3 milhões. As fortes chuvas afetaram diretamente a categoria, que precisou cancelar o GP de Emilia-Romagna, marcado para o fim de semana.

Ademais, a F-1 vai fazer a doação diretamente para a Agência de Proteção Civil e Segurança Territorial da Região de Emília-Romanha: “A situação que estas comunidades estão enfrentando é terrível, mas sei que a resiliência e a paixão destas pessoas, como em outras regiões da Itália, vão prevalecer durante toda essa crise”, disse Stefano Domenicali.

O atual CEO da F-1, por sua vez, é italiano e cresceu na região de Emília-Romanha.

“Temos que fazer tudo o que pudermos para ajudá-los neste momento de dificuldade e é por isso que vamos fazer essa doação para auxiliar e dar algum alívio nestes esforços”, comentou Domenicali, ex-dirigente da própria Ferrari

A direção da F-1 também pediu doações de outras entidades e pessoas para as vítimas das enchentes em seu site. A entidade divulgou o endereço da Agência de Proteção Civil e Segurança Territorial da Região de Emília-Romanha: https://protezionecivile.regione emilia-romagna it/notizie/attualita/conto-corrente-alluvioni-maggio-2023.

 

Mortos e Feridos

 

Equipes e pilotos de F-1 foram atingidos indiretamente pelas chuvas na Itália. Os funcionários dos times já trabalhavam no paddock do Autódromo Enzo e Dino Ferrari desde o início da semana. Na terça, precisaram evacuar o local pelo risco de alagamento. O rio Santerno, que margeia o circuito, transbordou em alguns trechos.

Na quarta, a direção da F-1 decidiu pelo cancelamento do GP.  A estrutura da categoria, inegavelmente, costuma exigir muitos recursos de emergência. Todavia, estes estão sendo todos direcionados para as vítimas das enchentes. Pelo menos oito pessoas já morreram em decorrência das chuvas e mais de 10 mil precisaram deixar suas casas.

 

Fonte: Estadão Conteúdo

 

Confira outras notícias da editoria ESPORTE clicando aqui.