terça-feira, 16 abr, 2024

Formula 1 confirma o calendário para 2023

Calendário F1
Divulgação/FIA

Da Tribuna da Imprensa

Em um curto comunicado enviado a imprensa, a Fórmula 1 confirmou que o GP da China, fora do calendário desde 2020 por conta da Covid-19, não retornará ao calendário de 2023. O país asiático não voltará a sedir uma corrida mesmo garantindo que as medidas restritivas contra o vírus estão relaxadas.

“A F1 pode confirmar que a temporada 2023 terá 23 corridas. Todas as datas existentes no calendário permanecem inalteradas”, esclareceu a nota, encerrando rumores de que poderia acontecer um GP de Portugal no dia 16 de abril. A corrida evitaria um hiato no calendário, que acontecerá entre os GPs da Austrália, dia 2, e do Azerbaijão, dia 30.

As 23 provas representarão um recorde na categoria mais importante do automobiismo mundial. Até então, as temporadas com mais corridas haviam sido as de 2021 e 2022. O campeão, nos dois anos, foi o holandês Max Verstappen, da Red Bull.

A primeira prova da temporada está marcada para o dia 5 de março, no Barhein. O campeonato, como vem virando tradição, se encerra em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos, em 26 de novembro.

 

Confira outras notícias da editoria ESPORTE clicando aqui.