quarta-feira, 24 abr, 2024

Belgica resiste à pressão canadense e estreia com vitória

Twitter/FIFA

Claudio Fernandes, da Tribuna da Imprensa

Jogando abaixo do esperado e tomando pressão de um surpreendente Canadá durante a maior parte do jogo, a Bélgica estreou com uma vitória magra e nada empolgante na Copa do Mundo. O único gol do jogo foi marcado por Batshuay no fim do primeiro tempo e – fora a bela finalização do atacante – aconteceu muito mais por uma falha da defesa canadense.

O observador menos atento ou aquele que acompanha futebol apenas na Copa do Mundo deve ter achado natural o massacre da Bélgica, jogando de branco, na primeira etapa. Só que os belgas estavam de vermelho e assistiram, inertes e incrédulos a um futebol canadense que surpreendeu a todos no estádio.

Uma pena, para os canadenses, que a qualidade ao criar oportunidades não se traduziu em bola na rede nem na cobrança de pênalti de Alphonso Davies, aos nove minutos. Courtouis acertou o canto e impediu que o placar fosse aberto. O erro, no entanto, não abalou os canadenses que continuaram tentando o gol e impedindo que a até então favorita Bélgica levasse perigo.

O duro castigo, porém, aconteceu no fim da primeira etapa. Após lançamento de muito longe de Alderweireld, o atacante Batshuay recebeu na área e chutou forte para balançar a rede. Eram 43 mintutos de jogo.

O panorama permaneceu até a metade do segundo tempo, criando e perdendo chances com maior e menor perigo, mas o ânimo arrefeceu do meio pro fim do jogo. Fisicamente muito desgastados, os canadenses diminuiram a intensidade.

Nem assim, porém, os belgas conseguiram ser superiores. Como também pouco criaram, o jogo caiu de qualidade e nada de mais importante aconteceu até o apito final. Na segunda rodada, domingo, a Bélgica encara Marrocos, às 10h, e o Canadá enfrenta a Croácia, às 13h.