quinta-feira, 23 maio, 2024

Alemanha leva virada histórica do Japão

Twitter/FIFA

Claudio Fernandes, da Tribuna da Imprensa

A zebra chegou ao deserto terça-feira e, pelo visto, gostou do clima do Qatar. Após a derrota da Argentina para a Arábia saudita, desta vez foi a Alemanha que estreou nesta quarta com derrota na Copa do Mundo. Os algozes foram os japoneses, que venceram de virada por 2 a 1 e realizaram a maior façanha da história do futebol nipônico em Copas do Mundo.

Além de ter vencido uma seleção da magnitude dos germânicos pela primeira vez na competição, o Japão largou na frente no Grupo G e se credenciou para se classificar às oitavas de final pela segunda Copa seguida.

OS alemães dominaram as ações durante grande parte do jogo. No primeiro tempo, tomaram um susto aos sete minutos, quando Maeda teve um gol corretamente anulado. Depois desse lance, só deu Alemanha, que já havia desperdiçado boas oportunidades quando Raum sofreu pênalti. Gündogan bateu e abriu o placar.

A segunda etapa manteve o panorama da primeira e o gol alemão parecia questão de tempo. Autor do gol, Gündogan chegou a acertar a trave em belo chute. Na chance mais clara, o goleiro Gonda chegou a defender quatro arremates na sequência.

A máxima “quem não faz, leva”, porém, se fez valer na parte final do jogo. Aos 29 minutos. Minamino arrisca chute de direita de dentro da área, Neuer, que havia feito uma defesa milagrosa minutos antes, espalmou para o meio da área. Na sobra, Doan bateu de canhota empatou.

A virada veio aos 37. Asano recebeu a bola pela direita, nas costas dos defensores alemães e bateu no alto, entre Neuer e a trave. Se não foi um frango, era defensável para um goleiro da categoria do alemão.

A partir daí a Alemanha se lançou ao ataque de forma atabalhoada – e infrutífera – e incomodou os japoneses apenas em bolas alçadas na área até o fim da partida. Os alemães tentarão a recuperação no domingo, às 16h, diante da Espanha. Já o Japão, no mesmo dia, pode até se classificar antecipadamente caso vença a Costa Rica, às 7h.

 

Confira outras notícias da editoria ESPORTE clicando aqui.