Search

quinta-feira, 25 jul, 2024

Americanas não chega a acordo com credores

Fachada Lojas Americanas
REUTERS/Ueslei Marcelino

Da Agência Reuters

 

A Americanas apresentou uma nova proposta a credores financeiros, agora com um aporte maior em dinheiro por seus acionistas de referência, da ordem de 10 bilhões de reais, mas não houve acordo até o momento, informou a varejista nesta terça-feira.

Em meados de fevereiro, a Americanas propôs uma injeção de capital em dinheiro de 7 bilhões de reais com suporte dos acionistas Jorge Paulo Lemann, Carlos Sicupira e Marcel Telles. A oferta, na ocasião, também foi rejeitada.

A Americanas disse nesta terça-feira que foram realizadas novas reuniões com credores financeiros nos últimos dois dias.

Ambos os valores propostos pela empresa incluem financiamento de 2 bilhões de reais já aportado.

Além do aumento de capital, a proposta de fevereiro ainda incluía a conversão de dívidas financeiras de cerca de 18 bilhões de reais, parte em capital e parte em dívida subordinada, e, adicionalmente, uma recompra de dívida de 12 bilhões de reais.

A Americanas indicou no fato relevante desta terça-feira que esses termos foram mantidos, à medida que disse que a nova oferta teve “estrutura similar” à anterior.

A Americanas negocia com credores uma saída financeira, após entrar em recuperação judicial com dívidas que superam os 40 bilhões de reais, na esteira da revelação de um rombo contábil de cerca de 20 bilhões de reais no início deste ano.

 

Confira outras notícias da editoria EMPRESAS clicando aqui.