sábado, 13 abr, 2024

Adidas encerra parceria com Kanye West após antissemitismo

REUTERS

Da Agência Reuters

A Adidas AG encerrou sua parceria com Kanye West de forma imediata, disse a fabricante de artigos esportivos nesta terça-feira, reagindo a uma onda de comportamento ofensivo do rapper e designer norte-americano.

“A Adidas não tolera antissemitismo e qualquer outro tipo de discurso de ódio”, disse a empresa alemã.

“Os comentários e ações recentes de Ye foram inaceitáveis, odiosos e perigosos, e violam os valores da empresa de diversidade e inclusão, respeito mútuo e justiça”, disse a companhia, usando o nome artístico do rapper.

Encerrar a parceria e a produção de produtos da marca Yeezy, bem como interromper todos os pagamentos a Ye e suas empresas, “terá um impacto negativo de curto prazo de até 250 milhões de dólares” no resultado líquido da Adidas este ano, disse a empresa, em parte porque o trimestre de Natal tende a apresentar uma maior demanda normalmente.

A Adidas colocou a parceria sob revisão no início de outubro “após repetidos esforços para resolver a situação de forma privada”.

Ye causou polêmica nos últimos meses ao encerrar publicamente grandes parcerias corporativas e devido a ataques nas redes sociais contra outras celebridades. Suas contas no Twitter e no Instagram foram restringidas, com as plataformas de mídia social removendo algumas de suas postagens online que os usuários condenaram como antissemitas.