sábado, 13 abr, 2024

Agro

VideiraInvest e Helfrig anunciam ‘joint venture’

Videira
Arte: Niviane Carneiro

 

O grupo VIDEIRAINVEST em regime de “joint venture” com a HELFRIG MEAT GROUP estão reunindo abatedouros e frigoríficos localizados em municípios do Rio Grande do Sul, na região Sul do Brasil. O objetivo é consolidar sobretudo operações de exportação de carnes nobres – bovina, suína e ovina.

Inicialmente, o foco é no atendimento à cidades estratégicas de Portugal e demais países consumidores de carne Halal.

O projeto começou a se estruturar no começo de 2020, mas acabou sendo interrompido em função da pandemia COVID19. Superada a crise sanitária, o movimento comercial se concentrará a partir destas remessas para o exterior.

A planta em arrendamento que dá início à fase operacional do projeto, está localizada em um município vocacionado e central do estado gaúcho, cujas licenças para operação estão em conformidade, com autorização para abate de 300 animais/dia, e estrutura física que suporta o dobro desta produção.

 

Mercado Halal

 

Vários países consumidores de proteína animal de qualidade superior decidem suas compras considerando conceitos de sustentabilidade, tratamentos especiais e cortes customizados. É o caso do processo Kosher, onde o sangue é extraído da carne de acordo com o que está descrito na Torá judaica. Na mesma esteira estão os alimentos Halal, respeitando o que os muçulmanos podem ou não comer e beber, de acordo com a Lei Islâmica Sharia. Tudo de acordo com as demandas de customização de cada cliente internacional, com diferentes exigências, tradições e costumes.

“A Helfrig, com sua expertise e conhecimento do mercado, principalmente o internacional, e a VideiraInvest, na área financeira, estão iniciando um projeto audacioso. Vamos atuar no mercado de proteína animal. Com absoluta certeza, correndo tudo dentro do esperado, será uma grande e grata surpresa para alguns setores. Serão produtos diferenciados”, conta Jorge Furtado, diretor executivo da Helfrig.

“A joint venture permitirá que a AGROVIVA (o braço do agronegócio do grupo Videira Invest) avance para uma nova etapa de desenvolvimento tecnológico, que vai desde o respaldo técnico com apoio de veterinários e engenheiros agrônomos, softwares de gestão de fornecimento de insumos, ração e compartilhamento de implementos até a contratação de linhas de crédito, com lastro nos recebíveis garantidos pelas unidades de abate” projeta Rodrigo Rocha, sócio da VideiraInvest, reiterando o principal propósito do Grupo, que é promover a integração de Arranjos Produtivos Locais através de suas plataformas.

 

Novidades por vir

 

O projeto está em fase inicial, mas diversas outras negociações estão em estágio bem avançado. Entretanto, os diretores preferem não entrar em maiores detalhes sobre o que vem pela frente antes que esteja tudo sacramentado.

“No momento estamos em fase de negociações para aquisição de uma planta frigorífica em parceria destinada ao abate de bovinos. Ainda não podemos divulgar muitas informações, mas creio que nos próximos dias já seja possível. Além dos mercados tradicionais, há outros pouco explorados pelas indústrias brasileiras. Posso adiantar que a parceria Helfrig-Videira Invest abrange bem mais do que a simples produção da carne InNatura”, complementa Furtado.

“A capitalização do negócio contempla as etapas tradicionais do mercado de capitais, estando previsto dentro dos próximos quatro anos, a eventual abertura de capital através de Oferta Pública de Ações, nos padrões de Governança preconizados pelo Mercado, e a inclusão no capital desta S.A., de pequenos e médios produtores rurais como acionistas, participando dos resultados, formando uma grande teia de fornecedores dos abatedouros integrantes da operação”, ressalta Edmundo dos Santos Silva, experiente executivo carioca eleito dentre os sócios para presidir a Companhia, fruto da parceria Helfrig-Videira Invest e demais sócios estratégicos participantes.

 

Por Claudio Fernandes

 

Confira outras notícias da editoria AGRO clicando aqui.