quinta-feira, 23 maio, 2024

Paraná: Portos alcançam recorde de movimentação

Divulgação
Divulgação

Da Tribuna da Imprensa

A empresa pública Portos do Paraná acumulou nos últimos quatro anos uma série de conquistas, que beneficiaram toda a comunidade portuária do Estado. Desde 2019, foram 16 prêmios recebidos, mais de 30 recordes superados e o reconhecimento conquistado junto ao mercado, instituições nacionais e internacionais.

“Estes resultados são fruto do trabalho conjunto entre o Governo do Estado, autoridade portuária, trabalhadores e todas as empresas que atuam na atividade, em Paranaguá e Antonina, como operadores portuários, arrendatários e prestadores de serviço”, destaca o diretor-presidente da Portos do Paraná, Luiz Fernando Garcia.

O Estado foi reconhecido pela melhor gestão portuária do Brasil por três vezes consecutivas no prêmio “Portos + Brasil”, entregue desde 2020 pelo Ministério da Infraestrutura. A Portos do Paraná obteve a melhor nota no Índice de Gestão das Autoridades Portuárias (Igap) em todas as edições realizadas.

Em 2020, 2021 e 2022, a empresa pública também acumulou outros destaques na premiação, como execução dos investimentos planejados e variação do lucro operacional (EBITDA).

Na área ambiental, nos três últimos anos, os portos paranaenses foram certificados pela Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq), com o primeiro lugar em Conformidade Regulatória e posição de destaque no desempenho ambiental, sendo o porto público de grande porte melhor avaliado do País.

Outro reconhecimento importante veio do Exterior. Nos últimos anos, a autoridade portuária paranaense foi convidada a participar da Conferência do Clima da ONU por três vezes: COP-25 (Madri, Espanha), COP-26 (Glasgow, Escócia) e COP-27 (Egito).

RECORDES – Mais de 30 marcas históricas foram superadas pela Portos do Paraná. Entre os dados contabilizados, destaque para a movimentação de cargas, por período, tipo de mercadoria, modal e até na quantidade de embarque e desembarque em um único navio, entre outros.

Na movimentação geral anual, foram três recordes: 53,2 milhões de toneladas (2019), 57,3 milhões de toneladas (2020) e 57,5 milhões de toneladas (2022).

 

Fonte: Agência de Notícias do Paraná.

 

Confira outras notícias da editoria AGRO clicando aqui.